MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião que passou no dia 31 de março de 2014 pela orla carioca, com a seguinte mensagem: "PARABÉNS MILITARES: 31/MARÇO/64. GRAÇAS A VOCÊS, O BRASIL NÃO É CUBA." Clique na imagem para abrir MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964.

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Justiça de Transição - por Félix Maier

Justiça de Transição

por Félix Maier

Justiça de Transição é um conceito surgido após reunião organizada pela Fundação Ford, em Nova York, em 2000. Juristas e defensores de “direitos humanos” discutiram as formas jurídicas para a reconstrução dos países em transição para regimes democráticos. 

Até aí, muito louvável, pois o foco eram países que estavam saindo de guerras civis, como na África. 

A esquerda brasileira, porém, tenta aplicar esse conceito pauleira internamente, como se os governos militares tivessem deixado como herança uma Somália ou Etiópia. Assim, criaram os Planos Nacionais de Direitos Humanos (já na versão 3.0), a Comissão da “Verdade” (o Pravda tupiniquim) e comissões de busca pelas ossadas de ouro dos guerrilheiros do Araguaia, além da tentativa de revisão da Lei da Anistia, tudo com o intuito de satanizar as Forças Armadas que combateram os “honoráveis terroristas” e levar antigos agentes de Segurança aos bancos dos réus.


JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO

DIREITO À JUSTIÇA, À MEMÓRIA E À VERDADE

https://legado.justica.gov.br/central-de-conteudo/anistia/anexos/justica-transicao_versao-final.pdf


Nenhum comentário:

Postar um comentário